Performance

A Babá Quer Passear / Ana Flávia Cavalcanti (SP)

12/7 | 17h, no Largo do Campo Grande

“A Babá Quer Passear” me surgiu em um sonho. Sonhei que era uma babá e estava dentro de um carrinho de bebê gigante e cor-de-rosa. Essa imagem reverberou em mim por dias, decidi então reproduzir esse sonho com o intuito de provocar a discussão sobre a invisibilidade da empregada doméstica no Brasil – afinal, a cena se repete quase que diariamente: mulheres negras periféricas em situação de vulnerabilidade social/econômica atuantes no trabalho doméstico. E se invertêssemos os papéis? E se agora a babá quisesse passear, dar uma volta, se distrair, ser cuidada?

A intervenção começa, o carrinho é estacionado, suas proporções e cor criam uma atmosfera lúdica, e o convite aos transeuntes é feito através de um balão branco pregado ao carrinho com os dizeres: “A Babá Quer Passear”.

Este trabalho é uma crítica contundente às condições das empregadas domésticas no Brasil. “A Babá Quer Passear” tem o objetivo de provocar a reflexão acerca do trabalho doméstico e todas as subjetividades que o envolve. Pensar bem-estar, autoestima e poder de escolha na contemporaneidade.

Foto: Julia Zakia

Esta performance ocorrerá no Largo Campo Grande, próximo ao Goethe-Institut Salvador
Classificação indicativa: Livre

CONHEÇA ANA FLÁVIA CAVALCANTI