Grasiele Sousa – a.k.a. Cabelódroma (SP/BA)

Vive e trabalha entre Cachoeira (BA) e São Paulo (SP). A partir da performance, desenvolve os seguintes temas: corpo e arquivo, trabalho feminino, representações do cabelo. Mestra em Psicologia Clínica Núcleo de Estudos da Subjetividade Contemporânea da PUC/SP com a dissertação: “Uma edição de si: as meninas do Youtube”. Organizou o evento anual Perfor (Fórum Internacional de Performance 2013-2016) juntamente com o Grupo BrP (extinta associação Brasil Performance). Faz parte da equipe editorial da publicação “Cadernos de Subjetividade”, PUC/SP. Já performou em diversos eventos nacionais e internacionais. Participou da edição de 2016 do Temporada de Projetos do Paço das Artes. Foi uma das curadoras da exposição [Retroperformance], em parceria com o Grupo BrP (2017). É curadora-assistente da participação brasileira na exposição RIAP 1998-2018 (Rencontre internationale d’art performance) no Quebec.

É autora de:
Passado a Limpo

Link Permanente: